Nome:
Pass:
Registo Recuperar
.
Todas as crónicas

Top 10 - Coleccionadores de clubes por Hernâni Ribeiro em 2015-02-24

Há jogadores que passam vidas inteiras ao serviço do mesmo clube. Há os que arriscam novos desafios de quando em vez. E depois há outros. Aqueles que não sabem parar quietos. Que construiram carreiras inteiras com mudanças sucessivas de clube e que se orgulham disso. Porque o futebol também é uma excelente maneira de conhecer sítios, culturas, pessoas, etc.

O ForaDeJogo decidiu dar bom uso à sua base de dados e procurar os jogadores que mais emblemas diferentes representaram ao longo das suas carreiras. Aqui fica o Top 10.

10 – Zé Luís (Alcains), 36 anos – 21 clubes

Lisboeta de origem que faz todas as posições no flanco direito, teve curta passagem pelo Sporting na formação onde jogou entre outros com Caneira e Alhandra. Completou a sua formação no Estrela da Amadora e depois fez-se à vida e construiu uma carreira competente principalmente pelo sul e mais tarde em Castelo Branco, onde se radicou há 10 anos depois de uma passagem pelo Benfica local. É lá que esta época está a lutar pelo título distrital ao serviço do Alcains.

9 – Nogueira (Padroense), 36 anos – 21 clubes

Ganha no desempate com Zé Luís porque além dos 21 clubes ainda representou a selecção nacional. Foi no escalão de sub-15 quando jogava no Leixões onde fez toda a sua formação. A partir daí este avançado não mais parou quieto e foi fazendo moça em defesas pelos distritos do Porto, Aveiro e Viseu ao serviço dos mais variados clubes, com destaque para a passagem pelo Nelas onde jogou 3 épocas e subiu duas vezes de divisão.

8 – Rui Madeira (inactivo), 51 anos – 22 clubes

É o jogador mais velho da nossa lista e também um dos mais carismáticos. Ponta-de-lança conhecido pela farta cabeleira, depois de uma passagem pelo Braga no início da carreira onde acabaria por não ser utilizado aproveitou a veia goleadora para conhecer o país e passou por quase todos os distritos. É ainda hoje alvo de homenagens que recordam os seu golos e tem inclusivé um clube de fãs no youtube. Terminou a carreira aos 41 anos no Moura.

7 - Ousmane (inactivo), 42 anos – 22 clubes

Este possante ponta-de-lança senegalês chegou a Portugal já com 20 anos mas isso não o travou de aparecer na nossa lista. Chegou a jogar na Primeira Divisão ao serviço do Beira-Mar mas foi na 2ª Divisão B que passou a maior parte dos seus anos com destaque para a época no Esmoriz onde apontou 16 golos. Só por um momento esteve duas épocas seguidas ao serviço do mesmo clube, no Vianense.

6 – Wilson Paulo (Atlético Reguengos), 34 anos – 22 clubes

É o mais novo da nossa lista com 34 anos e está-se a esforçar para bater o record, pois nas últimas 3 épocas passou por 5 clubes diferentes. Este defesa-central luso-angulano tem ainda a curiosidade de já ter jogado em clubes de 4 ilhas diferente (Faial, Pico, São Jorge e Porto Santo) e de ter uma relação muito próxima com o cartão vermelho. Foram 11 nas últimas 4 épocas!

5 – Zé Pedro (inactivo), 47 anos – 24 clubes

Formado no Leixões, este avançado coleccionador de camisolas foi um autêntico saltimbanco. Quase sempre pela extinta 3ª divisão e competições distritais, não sabemos muito sobre ele a não ser o que diz o ser currículum. Duas épocas seguidas no Paredes foi o máximo que conseguiu acumular, de resto foi sempre a mudar, maioritariamente pela 3ª divisão, tendo-se retirado aos 38 anos ao serviço do Vouzelenses.

4 – Flávio Monteiro (Murteirense), 42 anos – 24 clubes

Mais um ponta-de-lança com origens africanas, Flávio Monteiro começou a jogar futebol no... Hockey, clube do distrido de Lisboa que agora joga as provas do Inatel. As mudanças de clube começaram logo na formação onde representou 3 em 3 épocas e a partir daí sem nunca se afastar muito da zona de Lisboa foi coleccionando emblemas atrás de emblemas, sendo que o pico atingiu ao serviço do Águias de Camarate na 2ª Divisão B. Tinha-se retirado em 2009/10 mas decidiu regressar 3 épocas depois e já passou por 5 clubes desde então.

3 – João Peixe (inactivo), 39 anos – 26 clubes

O primeiro nome da lista que soa familiar a muita gente. João Peixe foi um ponta-de-lança formado no Benfica que prometeu muito no início da carreira. Vestiu a camisola da selecção por 38 vezes nas camadas jovens e jogou na Primeira Divisão no seu primeiro ano de sénior ainda emprestado pelo Benfica ao Estrela da Amadora marcando 3 golos. No entanto a explosão para o estrelato acabou por nunca se dar verdadeiramente e João dedicou-se também a coleccionar clubes. Foram 26 em Portugal, mais 1 na Grécia.

2 – Catarino (Paio Pires), 42 anos – 27 clubes

Mais um goleador e mais uma grande personagem. Catarino já não se move na grande área como em outros tempos mas continua a ser uma mais-valia em qualquer balneário. Tal como João Peixe também jogou na Primeira Liga ao serviço do Vitória de Setúbal, sendo que Catarino não marcou no degrau mais alto. Mas fê-lo e muito pelos outros 26 clubes onde passou, sendo possivelmente o jogador que mais golos marcou ao serviço de clubes diferente em Portugal.

1 – Paulão (inactivo), 40 anos – 28 clubes

Uma surpresa com que nem nós contávamos. Tudo o que se sabe é que era avançado, natural de Angola, e que gostava e muito de trocar de clube. Foram 28 ao todo e só por meia época o fez na 2ª Divisão B ao serviço do Trofense. O resto desta longa inusitada carreira de 20 anos foi sempre passado pela extinta 3ª Divisão e distritais. Paulão é o líder surpreendente, mas o líder. Veremos se Catarino o permite por muito tempo!