Nome:
Pass:
Registo Recuperar
.



I Divisão da AF Aveiro - Jornada 33
Canedo 1 - 1 Sporting Paivense
 66Ginho
Álvaro80 
Empate com sabor a derrotaRaúl Paiva

Depois de três vitórias consecutivas e uma derrota considerada 'normal' em Águeda por 4-0, o Canedo empatou a um golo na recepção ao Paivense, na penúltima jornada do campeonato.

Com esta igualdade, os canedenses complicaram em demasia as contas da permanência, uma vez que a um jogo do fim, estão obrigados a vencer em Fiães, e esperar que o Cucujães perca e o Paços de Brandão não vença. Está complicado.

O jogo frente ao Paivense não seria fácil, também porque nenhum jogo o é, mas porque a formação de Castelo de Paiva fez um campeonato estável, sempre na primeira metade da tabela, e ganhou, por exemplo, em casa da Sanjoanense por 3-2.

Os primeiros vinte/vinte e cinco minutos foram pautados pelo equilíbrio, sempre com ligeiro sinal mais para a turma da casa, que corria em busca do resultado.

As oportunidades não eram muitas, o Paivense só conseguiu ameaçar de bola parada, e viu o guardião Manel evitar o 1-0 para o Canedo já perto do intervalo, com uma excelente intervenção após remate de Jota.

Com uma arbitragem perfeita, António Gomes segurou o jogo de maneira sublime, e o nulo registado no final dos primeiros quarenta e cinco minutos, aceitava-se. O Canedo tinha a iniciativa na partida, estava por cima com ligeiro sinal mais, mas não conseguia furar a defensiva de um Paivense na expectativa de ter uma oportunidade de responder em conta-ataque.

O segundo tempo continuou com a mesma toada do primeiro, com o Canedo a tentar chegar ao golo, mas a 'esbarrar' por completo em Manel, que foi, sem dúvida, o melhor em campo, especialmente por três defesas soberbas que fez.

Os forasteiros surgiram mais atrevidos na etapa complementar, embora sem arriscarem verdadeiramente, e a jogarem sempre pela 'certa', procurando aproveitar os poucos espaços concedidos pela defensiva canedense.

Como disse, Manel brilhou antes e depois de Ginho ter aberto o marcador para o Paivense aos 66' minutos, culminando um bom trabalho individual, com um remate colocado sem hipótese para Higuita.

Antes disto, Álvaro e Nino proporcionaram a Manel as defesas da tarde com um espaço de segundos, sendo que no mesmo lance o já veterano guardião 'voou' para duas defesas espantosas.

João Paulo respondeu ao golo de Ginho, com as entradas de Valente e João Loureiro para os lugares de Bruno Joel e Manú, e o Canedo chegaria à igualdade a dez minutos dos noventa, quando após livre cobrado por Valente na direita, Álvaro aproveitou um ressalto de bola, para 'fuzilar' Manel e restabelecer a igualdade.

Depois disso, e mais com o coração do que com a cabeça, o Canedo procurou atacar em busca da cambalhota no marcador, mas só por uma vez teve uma boa chance para o fazer, quando João Loureiro já em tempo de descontos, rematou de forma um pouco ansiosa por cima da baliza adversária.

O empate castiga assim o Canedo, que ficou mais perto da II Divisão, sendo que a manutenção, como já disse, está agora dependente dos resultados de 'terceiros'.

Sábado, a formação canarinha desloca-se ao terreno do Fiães, enquanto que o Paivense recebe o Fermentelos.


23Higuita   
 
 
   Manel 
15Manú 74'    Vasco 
16Joel     Rui Coelho 
3Toninho      Tiago Luís 
5Pedro Pais    78' Duarte 
33Bruno Joel 68'   Pedro Soares 
11Jorginho    87' Luís Miguel 
8Nino      Joel Gaio 
26Canedo     Nuno Fruta 
17Jota    59' Zézito 
25Álvaro    Ginho 
TJoão Paulo  António CorreiaT
1Carlos      Sousa 
19Fábio      Nuno 
22Pedro Oliveira    3' Vítor 
4Pinta    12' Hélder 
9Valente 22'  31' Mica 
99Edson      André 
27João Loureiro 16'    Santos