ForaDeJogo.net - FC Porto 2006/2007


Nome:
Pass:
Registo Recuperar
.



Futebol Clube do Porto
Nome: FC Porto
Associação: AF Porto
Cidade: Porto
Estádio: Dragão
Ano de fundação: 1893
Sede: Estádio Dragão-Via F C Porto
Entrada Poente, Piso 34050-451 - Porto
Web: www.fcporto.pt
Plantel 2006/2007
<<   >>
Treinadores
T Jesualdo Ferreira
Staff
Rui Barros(ADJ), Carlos Azenha(ADJ), João Pinto(ADJ)
Entradas
Hélder Postiga (23)Saint-Etienne   (I)
Fucile (21)Liverpool Montevideu   (I)
João Paulo (25)U. Leiria (I)
Vieirinha (20)FC Porto B (II B)
Tarik (29)AZ Alkmaar   (I)
Diogo Valente (21)Boavista (I)
Renteria (20)Corinthians   (A)
Ezequias (25)Académica (I)
Castro (18)FC Porto (JUN)
Lucas Mareque (23)River Plate   (I)
Superliga
Guarda-redes Defesas Médios Avançados
1Helton12Bosingwa6Ibson7Ricardo Quaresma
24Paulo Ribeiro5Marek Cech18Paulo Assunção17Vieirinha
99Vítor Baía13Fucile8Lucho González21Alan
  15Ezequias16Raúl Meireles9Lisandro López
  25Lucas Mareque35Castro11Tarik
  2Ricardo Costa10Anderson31Diogo Valente
  3Pepe20Jorginho19Sokota
  4Pedro Emanuel  22Renteria
  14Bruno Alves  23Hélder Postiga
  26João Paulo  28Adriano
      29Bruno Moraes
Campeão dos rendimentosJoão Camara

        O Porto deste ano foi vitima de si mesmo. À partida começou por confirmar o seu favoritismo mais ou menos consensual, apesar da saída do treinador nas vésperas da Supertaça. Rui Barros consolidou bem a equipa e fez o que tinha a fazer: não mexer. Estava ganho o primeiro troféu da temporada.
Com a entrada do Professor Jesualdo Ferreira ficou claro que o sistema de três defesas ia ser abandonado, o que justificou a vinda de Fucile e Mareque, a fim de passar a jogar com a tradicional linha de quatro defesas. No meio campo a ideia era clara: Paulo AssunçãoLuchoAnderson. No entanto aquilo que tinha sido a base do sucesso de Adriaanse (um meio campo poderoso), revelou-se um problema toda a época. Paulo Assunção esteve uns furos abaixo do que era esperado, Lucho fez uma temporada que justifica a sua (antes quase garantida) não-transferência no fim do ano. Por fim Anderson esteve parado até pedro do final da temporada. Valeu Raúl Meireles que se afirma cada vez mais como um grande jogador.
Na Champions League voltou-se ao que já não era normal no Porto: as quase vitórias. Vitima da juventude? Penso que não, o plantel mantinha-se há já uma época e os resultados, apesar de melhores, não foram os esperados. O empate com o CSKA e com o Arsenal em casa, o empate e derrota com o Chelsea são o tipo de resultados que fazem a diferença quando se ambiciona, pelo menos, os quartos de final.

A Taça de Portugal foi o inicio do fim da estabilidade (precária?) que caracterizou o Porto até Dezembro. Com uma equipa de segundas escolhas entrou-se no facilitismo e só quem não viu o jogo estranhou o resultado. Fica a imagem que o trabalho de casa ficou mal feito e que os jogadores não foram mentalmente preparados para aquele jogo. De Dezembro para a frente foi sempre a descer. Duas derrotas consecutivas e empates desnecessários colocaram uma equipa consolidada no primeiro lugar, em vias de ficar em terceiro a duas jornadas do fim. Valeu Adriano que se mostrou mais uma vez talismã desta equipa a selar o empate em Paços de Ferreira e a iniciar a reviravolta, em casa, frente ao ultimo, na jornada derradeira.

Momento Chave: FC Porto 4 - 1 Desp.Aves (30ª jornada)

Como momento do campeonato, sem dúvida, o golo do Adriano conseguido frente ao Aves na última jornada. O tento conseguido em Paços de Ferreira já tinha sido importante a salvar a época; mas estar empatado em casa com o lanterna vermelha, marcar um golo, e relançar desta forma a busca pelo primeiro lugar imortaliza qualquer carreira de um jogador, tornando-o assim o ponto alto de uma época apesar de tudo dura e difícil.

Figura:
Quaresma

No primeiro plantel que em alguns anos se aproximou à fantástica equipa da Liga dos Campeões de 03', a estrela acabou por ser o jogador menos irregular. Lucho, por opção assumida do treinador, esteve o ano todo a ganhar forma... a titular, pagando nas exibições a factura disso mesmo. Anderson foi vitima de uma lesão no momento mais alto da equipa e quando voltou pouco acrescentou em termos de consistência de resultados. Helton, assim como o Pepe, não recebem o prémio merecido pelas suas boas exibições, pois são culpados... Culpados porque aquilo que os faz notar como grandes jogadores é o facto de não se fazerem ver durante um jogo.
Desta forma Quaresma, apesar de jogos menos bons, apesar de por vezes ainda se perder em fintas, apesar de nem sempre os cruzamentos saírem com a precisão que já todos esperam, foi a estrela da companhia. A capacidade que demonstrou de em pequenos pormenores resolver um jogo tornaram-no o jogador mais importante do plantel. Golos, assistências e uma capacidade de sacrifício imensa valem-lhe o estatuto de Estrela do FC Porto.

Revelação:
Bruno Alves

Que o Porto é uma grande escola de centrais já toda a gente sabia. No entanto o que ninguém imaginava era a capacidade de transformar eternas promessas em revelações confirmadas. Depois de Pepe, Bruno Alves surge como aquele jogador que sem capacidade de posicionamento, sem velocidade, sem distribuição de jogo e com a responsabilidade de colmatar o emblemático Pedro Emanuel, subitamente se transforma no segundo esteio da defesa.
Esta dupla de centrais não tem o carisma de uma Jorge CostaRicardo Carvalho; no entanto, pela forma como consolidaram a sua posição e também como seguraram a equipa nos momentos que o meio campo falhou, merecem pelo menos o desejo de todos os querermos ver em acção com mais um ano de entrosamento.

Decepção:
Renteria

Foi possivelmente a aquisição de maior peso em Dezembro, mas pouco mais mostrou do que muita pouca clarividência na tomada das decisões e um grave problema de falta de técnica. Se foi vitima de um Adriano matador ou mesmo da falta de oportunidades que teve não se sabe. Se se mantiver no plantel por mais um ano é necessária mais entrega, para rentabilizar a presença que tem, e acima de tudo aquilo que se exige de um avançado: golos.

Quem somos1 Contactos Agradecimentos Detectou um erro ou tem uma sugestão?
ForaDeJogo.net 2010