ForaDeJogo.net - Sp. Braga 2006/2007


Nome:
Pass:
Registo Recuperar
.



Sporting Clube de Braga
Nome: Sp. Braga
Associação: AF Braga
Cidade: Braga
Estádio: Estádio AXA
Ano de fundação: 1921
Sede: Estádio Municipal De Braga
Apartado 12
4711-909
Web: www.scbraga.pt
Plantel 2006/2007
<<   >>
Treinadores
T Jorge Costa
Rogério Gonçalves
Carlos Carvalhal
Staff
Rifa(ADJ), Jorge Vital(GR)
Entradas
João Pinto (34)Boavista (I)
Ricardo Chaves (28)Vitória Setúbal (I)
Maciel (27)U. Leiria (I)
Rodriguez (22)Sporting Cristal   (I)
Bruno Gama (18)FC Porto B (II B)
Zé Carlos (31)Marítimo (I)
Maurício (29)Estrela Amadora (I)
Paíto (23)Vitória Guimarães (I)
Marcel (24)Benfica (I)
Diego Costa (17)Penafiel (II)
Eduardo (23)Sp. Braga B (II B)
Jorge Luís (30)Dinamo Moscovo   (I)
Andrade (24)Vasco da Gama   (A)
Dani Mallo (27)Deportivo Coruña   (I)
Irineu (23)Cruzeiro   (A)
Chmiest (27)Odra Wodzislaw   (I)
Kim (22)Rubin Kazan   (I)
Superliga
Guarda-redes Defesas Médios Avançados
1Paulo Santos2Pedro Costa23Andrés Madrid7Davide
12Dani Mallo17Frechaut6Hugo Leal11Cesinha
24Eduardo20Luís Filipe14Castanheira19Maciel
  8Paíto16Andrade87Bruno Gama
  13Carlos Fernandes21Ricardo Chaves15Wender
  25Jorge Luís88Vandinho99Matheus
  3Paulo Jorge10João Pinto27Kim
  4Maurício18Diego Costa29Marcel
  5Nem  77Zé Carlos
  22Irineu  79Chmiest
  28Rodriguez    
Melhor na Europa, pior no campeonatoJorge Carneiro

A equipa do Braga partiu para a época 2006-07 novamente com o objectivo de tentar um lugar na liga dos campeões. Sob o comando de um homem da casa (Carlos Carvalhal), com uma equipa que mantinha a espinha dorsal de épocas anteriores, e reforçada ainda com as entradas das mais-valias Zé Carlos e João Pinto, ao fim de alguns grandes jogos na pré-época esse objectivo parecia mais do que alcançável. No entanto cedo se viu que o plantel do Braga não estava preparado para voos tão altos, conseguindo realizar uma época excelente lá fora (1/8 final da UEFA), assim como uma boa prestação na Taça de Portugal (presença e eliminação polémica na 1/2 final), contrabalançados com um campeonato algo decepcionante onde os lugares europeus chegaram inclusivamente a estar em perigo. A boa ponta final não disfarça o demasiado atribulado percurso dos bracarenses, que ao longo da temporada experimentaram três treinadores sem nunca alcançarem grandes vantagens com cada substituição - todos fizeram uma média de pontos semelhante no campeonato, todos tiveram a sua quota parte de responsabilidades na participação brilhante do Braga na Taça UEFA, e todos tiveram também as suas opções discutíveis e em alguns casos até fracassadas.

Momento Chave: Braga 2-1 Belenenses

Num dia com entrada livre no municipal de Braga (29931 espectadores), os arsenalistas jogavam uma cartada decisiva: uma vitória re-colocaria os minhotos na luta pelo 4ºlugar enquanto uma derrota comprometia a luta pela posição e poderia inclusive colocar em risco o 5ºlugar de então. Num jogo entre rivais e impróprio para cardíacos, Carlos Fernandes apontou o golo da vitória no último minuto da contenda e permitiu assim que a equipa se aproximasse um pouco mais do Belenenses, resultado que foi decisivo para o consumar da conquista da 4ª posição já na última jornada.

Figura:
Paulo Santos

Aos 34 anos Paulo Santos parece estar a passar em Braga os melhores anos da sua carreira, e não dá sinais de estar ainda próximo do seu abandono. Prova disso é o facto de ao longo das 3 épocas que leva na cidade dos arcebispos apenas ter falhado dois jogos, tornando assim a permanência dos seus suplentes no clube pouco motivante. Numa época em que a produção da equipa no campeonato foi mais baixa que o habitual, o guarda-redes foi fundamental para a manutenção da equipa nos lugares europeus, quer através de defesas em momentos cruciais, quer através da confiança que inspirou aos restantes companheiros de defesa. A sua renovação de contracto para as duas épocas seguintes é de aplaudir, e torna-o talvez o mais importante reforço para as próximas temporadas.

Revelação:
Rodriguez

Este jovem internacional Peruano foi o único dos reforços de inverno a "pegar de estaca" na equipa bracarense. Forte no jogo aéreo e com um bom sentido posicional, destacou-se ao relegar Nem para o banco de suplentes; e sem ter tido ainda tempo suficiente para confirmar as qualidades evidenciadas até agora, pelo menos deixou a promessa de o fazer ao longo da próxima temporada.

Decepções:
Hugo Leal, Chmniest e Davide

A carreira de Hugo Leal parece ter chegado a um beco sem saída; longe vão os tempos em que ainda com idade de juvenil se estreou pela equipa principal do Benfica... Agora mais de 10 anos depois e aos 27 anos de idade o jogador de Cascais parece perdido num marasmo de lesões e processos disciplinares que o têm impedido de dar o seu contributo às equipas que tem representado de forma mais regular - esta época apesar de ter estado em bom nível voltou a jogar pouco (apenas 5 jogos até rescindir). Chmniest chegou em Dezembro numa altura em que era o melhor marcador do campeonato polaco, e apesar de demonstrar bastante aplicação e empenho entre outros bons pormenores o facto de não ter apontado nenhum golo foi algo decepcionante. Davide parece ter parado de evoluir desde que chegou a Braga e arrisca-se a passar ao lado de uma boa carreira, tendo somado mais uma época completamente decepcionante: com Carlos Carvalhal praticamente não foi utilizado; com Rogério Gonçalves esteve em vias de ser dispensado; e surgiu apenas no final da época já sob o comando de Jorge Costa, mas sem grandes motivos de destaque.


Quem somos1 Contactos Agradecimentos Detectou um erro ou tem uma sugestão?
ForaDeJogo.net 2010